Dica do especialista

Abre o Bocãããããão!

5 abr de 2011 comentários
4.1

Oi Gente, tudo bem? E, ai? Como vai a escovação dos pequenos? Estão seguindo as dicas do “Abre o Bocãããããão? Quero saber se estão funcionando, ok?

Mas hoje venho falar de algo bem prático, algo que está presente na vidinha social agitadíssima que as crianças têm hoje! As festinhas de aniversário.

Vejo pelos meus sobrinhos que aos domingos têm pelo menos umas 3 festas infantis com direito, claro, a muito brigadeiro, bem-casado, surpresinha de uva e toda aquela mesa de gulas, que cada dia que passa está mais recheada e irresistível, né? Super produções, quando o assunto é doce! E agora?

Bem, freqüento demais essas festinhas e sempre levo alguém da minha trupe, todos de uma vez, eu não consigo, então faço um rodízio entre os sobrinhos, e sempre levo algum dos meus amores.
Claro que não vou bancar a Tia Chatona, né? E é fim de semana, dia de ultrapassar um pouquinho os limites. Se para vocês a freqüência de festinhas é bem intensa, então, é importante montar um esqueminha, até para implementar uma hábito alimentar saudável, que vai valer para a vida adulta deles.

Então, vou dar algumas dicas, bem possíveis de realizar para tornar essas festinhas menos açucaradas:

– no início da festa só dê salgados, os doces são para depois do parabéns, até porque não tem sentido desmontar aquela linda mesa, né? É nessa hora que se a criança pedir, você pode dar o refrigerante, que ela esperou a semana inteira para tomar. O Refri tá liberado!!
4.2
-E depois do parabéns? Agora sim, a criança pode comer os doces, as guloseimas e tudo que ela quiser, acompanhados de água, muita água, que hidrata, deixam eles mais cheinhos, então comem menos doce e ainda faz uma barreirinha contra as cáries em potencial (já que regula o pH!)
– O importante é ter em mente o veneno que é associar doce e refri, freqüentemente. Nesse momento há uma desmineralização intensa, e a cárie está lá, prontinha para atacar!
Se ainda tem outra festinha, você pode repetir o mesmo esquema, porque dessa forma você alivia o processo de desmineralização que os dentes sofrem sempre que comemos algo doce.
Nesse dia, a criança, e principalmente os dentinhos dela, merece uma escovação especial, mais demorada, e com o cuidado de remover todos os resquícios dos maravilhosos doces. Para os pequenos que tem mais de 6 anos, vale o uso de enxaguatório bucal sem álcool e com flúor, antes de dormir, para dar aquele reforço extra! E para os que tem menos de 6 anos, vale deixar o creme dental na boquinha, sem aquele enxágüe final com água.
4.3
Lembrando que nos 2 casos, é importante não dar água a criança, já que a intenção ai é deixar os dentinhos mergulhados no Santo Flúor, ok?
E ai? Acharam difícil essas “regrinhas”?
Sobre quais temas vocês querem ver por aqui?
Beijinhos doces…
Tia Gabi
Dúvidas ou comentários vocês também podem fazer através do email de Gabi: gabitrindade@gmail.com
Cliquem nas Tags abaixo do post e confiram os outros textos de Gabi pro Abre o Bocãããããão!

Texto por Dra. Ana Gabriela Trindade


CRO:7908 PE