Bucholândia Mãetamorfose em Palavras

Causos & Casos da Mãe de uma Princesa

10 fev de 2011 comentários

Devaneios da Uva (preta)

uva preta

 
Tem hora certa e lugar.
Quando vem, nem eu mesma na maior da minha sanidade consigo segurar.
Poucas não são suficientes.
É pior.
Só aumenta a vontade, a ânsia, o desejo.
Agora entendo bem o que é Abstinência.
Basta uma única noite sem ela sob meu território.
Enlouquecedor, eu diria.
Eu diria, e eu digo: Eu quero!
Agora? Pra já.
Até quando? Não sei.
Espero que não passe logo.
Imagina o que pode vim depois?
Quais amarras mais calóricas?
É melhor ficar sob o controle dela, mesmo.
Ela, tão poderosa, consegue ser doce e amarga em milésimos de segundos.
E é exatamente esse “morde e assopra” que eu quero, eu preciso, e suplico:
Nem se atreva a acabar, Dona Uva Preta!

Imagem: http://www.tumblr.com/dashboard