Mãetamorfose em Palavras

Causos & Casos de Uma Miúda

13 mar de 2015 comentários
A caminho na escola, olhando firmemente pela janela, lá estava ela, a Miúda, a indagar:
– Manhêê, por que tá todo mundo assim (apontando os dedos indicadores pros cantos da boca e colocando-os pra baixo). Ali oh, mãe, (dedos mudam de direção) andando na rua…
– Você está querendo dizer que as pessoas não estão felizes, é isso, filha? – ééé, não tão “sorriso”, mãe!
De fato, prestei atenção em cada rosto que vi passar, e nenhum rastro de um sublime arqueado de bochechas no ar… Respondi que todos estavam com pressa, com atenção nas ruas para não se machucar.
– Quando estamos atentos com os carros, com os buracos, não conseguimos sorrir fácil, filha!
(Mas dentro de mim, me perguntava: Será?) Qual o grau de sensibilidade de uma Criança que percebe no olhar o quanto as pessoas andam tristes pelas ruas, ou no nosso lar? Vale pensar.