Mãetamorfose em Palavras

Mãetamorfose – do príncipio, agora e sempre.

7 jul de 2010 comentários
A maternidade me deu olhos de ver. Deu-me uma nova oportunidade para redescobrir a vida, de pôr de cabeça para baixo uma série de certezas, questionar uma porção de verdades.
A maternidade me deu uma nova chance para olhar minhas velhas fotografias e revisitar minha infância, sonhar de novo meus sonhos de adolescente, regular minhas vontades. Deu-me coragem para realizar muitos dos meus mais secretos desejos.
A maternidade me deu olhos de ver porque me abriu o peito e me encheu de amores que eu nem sabia existirem.


A Maternidade transformou-me, me fez virar várias mulheres sendo eu mesma, cada vez mais verdadeira e intensa. Tornou-me um ser humano melhor.
A maternidade me deu olhos de ver, transmutou meu destino, e eu… eu nem tive medo.
Texto: Januária Cristina Alves