Mãetamorfose em Palavras

Mãetamorfose em Palavras: A Filha Perfeita e o Remorso

2 out de 2014 comentários
Ela anda na frente, ela desenha com perfeição, ela sabe patinar, ela pedala sem rodinhas e não quer parar. Ela faz suas tarefas, ela tem seus horários na ponta da língua, e seus compromissos, não se permite faltar. Ela persiste no seus esportes escolhidos e nunca me pediu um diazinho se quer para faltar (igual a mãe quando criança #sqn). Ela vai pra aula sorrindo e treina pra fono sem ninguém solicitar.Ela me dá bons exemplos, ela sabe ser doce, ela fala bem e ouve, como se pronta fosse, além de saber bem como me tocar.
Ela é tudo que eu sempre quis, e eu nem sei bem o que isso significa, afinal. Meu “grau de amar” não se coloca sob esta medida. Nenhum limite, melhor falar. Sei que o peso dessa perfeição é grande. Mesmo. Sinto em seu olhar. Ela nem sempre quer embalar os seus mais secretos desejos de estripulias sobre os meus ouvidos (Isso me dói! Tanto). Ela sente que não pode falhar.
Ela, as vezes, tem vontade de gritar! E até me colocar em meu lugar. Sim, as vezes eu mesma extrapolo, e ela não tem coragem de me enfrentar. (Nisso eu tenho uma grande parcela de culpa! Por sempre falar por ultimo, e muitas vezes mais alto. Enquanto mãe, a minha palavra tem que preponderar! Mas Será?!)
Ô filha é tão bom te ver relaxar e (as vezes) me encarar…
Mesmo sabendo ser criança, as vezes eu mesma me pego cobrando que não tenhas tais e quais atitudes por “não caber mais a alguém da sua idade”. Você cresceu, e o limite entre você ser criança ou deixar de ser, também me deixa um pouco confusa. Você pode não ter idade pra fazer algumas coisas, e pode ser grande demais pra ter que deixar de fazê-lo. Que tal, juntas, percebermos como melhor nos encontrar nessa loucura que se chama tempo? Seu tempo. Nosso tempo. Me ajuda, a te ajudar?
Com algum remorso e muito amor pra dar: eu. Sua Mãe. (Qual mãe não convive com esse sentimento: remorso. Podem me falar?)
Nosso Instagram: @maetamorfose
Nossa Fanpage: /maetamorfose