Mãetamorfose em Palavras

Mãetamorfose em Palavras: Colo de Mãe

17 set de 2014 comentários
Enquanto houver meu colo, te darei. Enquanto houver meus abraços, eu apertarei. Enquanto houver minhas mãos, eu te estenderei. Se não consigo em pé, sentarei. E entre afagos e carinhos, te direi: “Vem pra mim, vem!”
Enquanto eu conseguir, cuidarei de ti. E te proponho que nunca, jamais, esqueças de mim.
Enquanto houver você, haverá meu “eu”.
Senta aqui, filha. Sente meus carinhos. Sente meu amor. Nunca me envergonharei de repetir esse gesto. Garanto. Por tanto, não te envergonhas de se permitir.
Com todo o meu amor e sempre o melhor lugar para se estar: eu, sua mãe.
(Assim quero acreditar. E perpetuar!)
Nosso Instagram: @maetamorfose
Nossa Fanpage: www.facebook.com/maetamorfose