Dica do especialista

Queda de cabelo em recém nascidos

19 dez de 2016 comentários

image1-8

Você foi pegar seu bebê no berço e levou um susto ao notar um grande quantidade de fios de cabelos no lençol? Calma. É normal. Olha só a #DicaDoEspecialista de hoje que a dermatologista Paula Monteiro esclareceu para nós mamães de babies carequinhas.

A queda dos cabelos do recém-nascido está relacionada à interrupção dos hormônios maternos transmitidos ao bebê durante a gestação após o nascimento. Essa interrupção faz com que os fios entrem em repouso e se desprendam.

Sendo assim, praticamente todos os bebês, sejam eles cabeludos ou carequinhas, vão perder cabelos nos primeiros meses de vida, mais especificamente entre os dois e os seis meses de vida. A queda ocorre especialmente nas entradas, nas laterais e atrás, os que sobram dão aquele visual supermoderno, estilo moicano que muitos bebês têm nessa fase. Logo, até os 6 meses os cabelos costumam ser finos, lisos e com pouco volume, sendo conhecido como cabelo fetal.

Depois deste período, o cabelo costuma começar a engrossar, mudando a fibra, podendo permanecer liso ou cachear, de acordo com a genética, e passa a exibir um crescimento mais importante. Porém, existem crianças que ficam carequinhas durante todo o primeiro ano de vida ou até durante o segundo, pois a troca total dos fios de nascimento pode ser rápida, mas pode acontecer até os 2 anos de idade, ou no máximo até 3 anos.

Se após os 3 anos, o bebê ainda permanecer careca é indicado procurar um médico dermatologista, pois distúrbios capilares, entre eles a alopecia deve ser descartada.

Texto por: Dra. Paula Monteiro Bushatsky de Alencar
Médica dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia
Clínica Dermatológica Luciana Lócio tel: (81) 3465-3543 / (81) 99641-3571
Instagram: @PaulaMonteirodermato